You are here
Home > Opinião > Uma carta a Lula

Uma carta a Lula

“QUERIDO” LULA, creio que seu nível de descolamento da realidade atingiu níveis preocupantes, por isso me sinto no dever de alerta-lo sobre o tamanho do absurdo que falou, quando atribuiu à Lava Jato a tragédia que você e seu partido criaram.

Começa que a Economia descambou no início de 2014, antes mesmo da Lava Jato ganhar corpo. Não sei se o Sr. se lembra (aparentemente não), mas vocês tiveram que fazer um esforço sobre humano para segurar os números para a eleição. Nem maquiando praticamente todos os indicadores vocês estavam conseguindo ocultar o desastre, tanto que tiveram que adiar a divulgação de dados do governo (se aproveitando da máquina pública) para esconder o desastre que criaram e poder eleger Dilma, no maior caso de estelionato eleitoral já vivido por este país.

Foram as medidas desastrosas, tomadas em seu governo a partir de 2008 e ampliadas por Dilma em seu primeiro governo, que alimentaram um descompasso entre o crescimento da produtividade e os gastos públicos. Vocês não perceberam o fim do bônus demográfico, tampouco a insustentabilidade das políticas que estavam criando. Se focaram em incentivar o consumo, em um populismo desvairado, em detrimento do investimento produtivo… Se utilizaram de um bom momento de nossa economia, fruto da valorização das commodities, para financiar uma grande farra… Não perceberam que o momento poderia chegar ao fim… Acreditaram em políticas que violavam a mais básica aritmética e permitiram uma expansão de gastos muito maior do que os brasileiros poderiam arcar no longo prazo…

FOI ISTO QUE QUEBROU NOSSA ECONOMIA… INCOMPETÊNCIA PRIMÁRIA!

Além do que, mesmo que quisesse culpar a Lava Jato, não se pode culpar a justiça por encontrar bandidos, esta é a função dela… Se a Lava Jato teve impacto na economia, como alega, foi por revelar a corrupção e a incompetência que imperaram na maior empresa brasileira, DURANTE O GOVERNO PT. Ou seja, ela apenas desvelou a rede de mentiras e tramóias que vinha sendo usada para ludibriar os investidores e a população, TORNANDO CLARO O TAMANHO DA INCOMPETÊNCIA PETISTA. Foi novamente a incompetência de vossa senhoria e seus asseclas que promoveram os estragos que nos conduziram a esta nefasta condição e não a operação policial que está desmantelando vosso esquema.

Assim, por mais que você grasne ou relinche, a culpa da crise sempre retorna a vocês… Este grupo incompetente e corrupto que por boa fé do povo brasileiro, acabou no comando do país… Este grupo que criou as condições econômicas para um desastre e, de quebra, corrompeu empresas e bancos públicos, causando um prejuízo incalculável para a nação…

Tanto o que estou falando é verdade Sr. Lula que o próprio mercado e as pessoas produtivas não vêm no fim da Lava Jato a solução dos problemas econômicos do Brasil… Pelo contrário, as pessoas vêm nisso a consolidação de um desastre… A esperança real, reside exatamente no sucesso da operação em desmantelar e extinguir esta facção criminosa e incompetente que se instalou no país sob seu controle.

Vossa desconexão com a realidade só tem aumentado ainda mais estas certezas de que a era PT precisa acabar, antes que vocês não só destruam o pouco que fizeram, mas nos leguem um retrocesso imensurável para as próximas gerações.

Leonardo Augusto Amaral Terra
Leonardo Augusto Amaral Terra
Mestre e Doutor em ciências pelo programa de Administração de Organizações da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, na Universidade de São Paulo (FEARP - USP). Possui MBA executivo em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas e Graduação em Administração de Empresas pela FEARP - USP. Atua como professor, pesquisador e consultor na área de estratégia e desenvolvimento organizacional, explorando os princípios que regem os sistemas socioeconômicos por meio da matemática do caos e da epistemologia sistêmica e suas aplicações no processo estratégico e nas interações sistêmicas das organizações. Vencedor do West Churchman Memorial Prize em 2014.
http://lattes.cnpq.br/3022429953017645

Deixe uma resposta

Top