You are here
Home > Sobre o Autor
Leonardo Augusto Amaral Terra

Nascido em 1979, na cidade de São Carlos – SP, Leonardo Augusto Amaral Terra é um analista estratégico, professor e pesquisador brasileiro, formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo – USP.

Terra iniciou sua carreira na área de gestão, atuando como consultor em gestão por processos e estratégia. Apesar de nunca ter se desligado das atividades práticas, ligadas ao mercado, em 2007 decidiu seguir sua paixão pela ciência e ingressar na carreira acadêmica. No ano seguinte, iniciou seu mestrado no programa de Administração de Organizações da FEARP-USP, onde deu início aos seus estudos a respeito dos princípios capazes de descrever e explicar a dinâmica socioeconômica e suas consequências nas relações entre indivíduos, grupos e o processo estratégico nas organizações.

Devido à carência instrumental e metodológica que encontrou para estudar o tipo de problema proposto, Terra teve que desenvolver um refinado conhecimento em epistemologia da pesquisa, em especial os princípios epistemológicos da Teoria Geral dos Sistemas e da Fenomenologia de Husserl. Em seu caminho para entender as dinâmicas dos sistemas socioeconômicos, sob a ótica da complexidade, precisou ampliar seus conhecimento transitando por áreas como: cibernética; complexidade; teoria da informação; matemática do caos; economia; psicologia comportamental; biologia; e, até mesmo, física quântica.

Mapa de Influências de L. A. A. Terra.

Esta ampla conjunção de conceitos pode ser vista no mapa das principais influências que impulsionaram seu trabalho ao longo dos anos e culminaram com a sua teoria da Dinâmica Simbiótica, cuja primeira publicação definitiva ocorreu em uma edição especial da revista científica Systems Research and Behavioral Science no ano de 2016. Baseada em princípios que vão da psicologia comportamental ao caos e a complexidade, essa nova forma de ver os sistemas socioeconômicos propõem que os mesmos são forjados a partir de um equilíbrio entre cooperação e competição entre uma série de partícipes desta dinâmica, onde os mais bem-sucedidos são aqueles que agem de maneira pró-ativa para estabilizar o ambiente em um patamar qualitativo que os favoreça. Sua estrutura baseada em atratores sociais, também tem tido sucesso em explicar uma série de fenômenos que vão das dinâmicas internas das organizações ao sucesso das redes entre organizações.

Diante de seu esforço para construir uma compreensão sistêmica da realidade, em 2014 Terra foi laureado com seu primeiro West Churchman Memorial Prize por seu trabalho que descrevia como melhorar as estruturas de poder do governo brasileiro, a partir da adoção do Viable Systems Model. Mas sua linha de pesquisa seria definitivamente coroada em 2017, quando foi agraciado com seu segundo West Churchman Memorial Prize por sua teoria dinâmica da firma, um dos importantes sustentáculos da teoria da Dinâmica Simbiótica nos sistemas socioeconômicos.

Para acompanhar o currículo acadêmico do autor, visite seu Currículo na plataforma Lattes.

 

 

Deixe uma resposta

Top