You are here
Home > Reflexões > Escolher um candidato é mais fácil do que você imagina

Escolher um candidato é mais fácil do que você imagina

Escolher um candidato é mais fácil do que você imagina. No mundo de hoje temos vários exemplos duradouros para nos contar em que direção cada tipo de política pode levar.
 
Basicamente, nesta eleição você está sendo convidado a responder em qual desses países você gostaria de morar:
 
1 – Venezuela
2 – Israel
3 – Austrália
4 – Alemanha
5 – Polônia
 
Se pudesse escolher qualquer um dos 5, para qual ou quais você iria?
Você pode responder isso nas urnas, mas não pode reclamar das consequências depois. Então, antes de votar, pense se você se mudaria para qualquer um desses países listados acima. Se ficaria bem e confiaria a vida de seus filhos e das pessoas que você ama, aos governantes de cada um deles.
Depois veja se os candidatos que você vai votar compactuam com o que é feito em cada um desses países e se as ideias que defendem correspondem ao mesmo que é feito nestes países há muitos anos (não o que é falado, o que é FEITO).
Por fim, entenda que não adianta esperar que fazendo o mesmo que fizeram em outros locais por longos períodos, o resultado será diferente. Votando em quem defende cada um desses países e suas ideias, você estará escolhendo viver em um desses, pois cada um desses países é resultado de escolhas feitas ao longo das décadas, tendo por base ideários muito parecidos com o que pregam e defendem os candidatos que teremos como opção nesta eleição.
 
Então Pensem bem onde gostariam de viver. Não adianta reclamar depois.
 
* Os países foram escolhidos por terem sistemas socioeconômicos baseados em idéias consistentes há mais de 2 décadas, sem grandes alternâncias.
Leonardo Augusto Amaral Terra
Leonardo Augusto Amaral Terra
Mestre e Doutor em ciências pelo programa de Administração de Organizações da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, na Universidade de São Paulo (FEARP - USP). Possui MBA executivo em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas e Graduação em Administração de Empresas pela FEARP - USP. Atua como professor, pesquisador e consultor na área de estratégia e desenvolvimento organizacional, explorando os princípios que regem os sistemas socioeconômicos por meio da matemática do caos e da epistemologia sistêmica e suas aplicações no processo estratégico e nas interações sistêmicas das organizações. Vencedor do West Churchman Memorial Prize em 2014.
http://lattes.cnpq.br/3022429953017645

Deixe uma resposta

Top